BlogConteúdo, novidades, informação, etc.

regime tributário

Ganhe mais competitividade no mercado investindo em planejamento tributário

Por | Compliance, Inovação, Tecnologia | No Comments

Sabemos que o mercado está cada vez mais competitivo e dinâmico e as empresas precisam se aperfeiçoar e buscar formas de se tornarem autossuficientes e também apresentar vantagens maiores que as concorrentes.  Nesse âmbito, é fundamental levar a sério questões fiscais pois elas representam custos para a organização.

Por isso isso, é comprovado que empresas que fazem um planejamento tributário minimizam os gastos com tributos e acabam crescendo, lucrando mais e podendo reinvestir no desenvolvimento do negócio. Podemos definir o planejamento tributário como um conjuntos de estratégias com foco em reduzir a incidência de tributos, em que o contribuinte pode estruturar sua empresa da forma menos onerosa, buscando diminuir custos para o seu negócio. Todas essas “estratégias” devem estar de acordo com a legislação em vigor.

Vale destacar que o planejamento tributário se faz tão necessário devido as diferentes taxas, impostos e contribuições existentes no Brasil, pois a elevada carga tributária atual interfere diretamente no  resultado econômico das empresas. Dessa forma, investindo e elaborando um planejamento tributário com ajuda de especialistas uma empresa poderá conter gastos e aumentar a margem de lucro.

Isso viabiliza o crescimento e a manutenção do negócio e impacta diretamente na competitividade. Muitas empresas vão a falência justamente por ignorarem questões tributárias. Destaca-se ainda que elaborar um planejamento tributário vai além da escolha do regime de tributação, pois ela ainda envolve questões relacionadas a clientes e fornecedores aproveitando ao máximo incentivos oferecidos pelo governo.

Sua empresa ainda não investe em Auditoria Tributária?

Por | Compliance, Gestão Tributária, Oportunidades | No Comments

Sua empresa ainda arrisca ser pego de surpresa pela Receita por falta de cumprimento das obrigações tributárias? Deixe de correr esse risco e invista em um auditoria tributária para assegurar que tudo esteja em dia com a norma legal fiscal. Vale ressaltar que a auditoria tributária complementa a auditoria contábil auxiliando o trabalho do contador.

A auditoria tributária ainda permite que as empresas possam ter ao seu lado especialistas de alto nível que irão lidar com aspectos legais obrigatórios. Facilitando, portanto, a relação do contribuinte com o Fisco diante da evidente necessidade de adaptação por conta do projeto SPED.

Afinal, as autoridades Fazendárias estão cada dia fechando mais o cerco e aplicando sanções previstas por erros tributários. Dessa forma, é essencial identificar e corrigir o mais rápido possível qualquer erro para que a saúde da empresa não seja afetada e ela continue prosperando.

Além disso, sua empresa jamais deve ficar sem uma auditoria tributária pois por meio dela é possível encontrar as melhores oportunidades tributárias e também recuperar impostos pagos a mais ou indevidamente. Isso porque muitas vezes a contabilidade acaba ignorando o levantamento de créditos tributários que podem ser compensados ou reavidos e também incentivos fiscais.

Viu só quantos benefícios a auditoria tributária pode trazer para a sua empresa? Não corra mais riscos tributários e fiscais. Entre em contato com a  4True e fique tranquilo.

Quais os maiores desafios da gestão tributária de uma empresa?

Por | Consultoria, Inovação | No Comments

Desde que a Constituição Federal de 1988 foi instaurada, cerca de trezentas mil leis tributárias foram editadas. Além disso, quase três milhões de atos administrativos normativos relacionados a tributos e impostos  foram editados pela Receita Federal  e Fazendas municipais e estaduais. Tudo isso faz com que um cenário cheio de desafios seja formado em relação a gestão tributária de uma empresa.

Dessa forma, a maior dificuldade encontrada quando se fala em manter o Compliance Tributário acontece porque é extremamente complicado acompanhar as publicações diárias que divulgam as mudanças das leis tributárias/fiscais. Uma pequena e simples modificação pode trazer prejuízos gigantescos para uma empresa. Os próprios contadores, muitas vezes, ficam com dúvidas sobre as variáveis na estrutura conceitual de vários tributos e por isso precisam harmonizar seu trabalho com um planejamento tributário.

Falando em planejamento tributário, este é outro desafio dentro das empresas. Grande parte o despreza e acaba tendo problemas. Um exemplo é a escolha do melhor regime tributário. Para que ele seja escolhido é preciso de uma análise cuidadosa para ver qual possibilidade mais se adequa a empresa para então optar pelo Simples Nacional,  Lucro Real ou Lucro Presumido.

Outro desafio que merece ser ressaltado é que cada estado possui uma legislação diferente. O ICMS, por exemplo, é afetado de acordo com as leis de cada unidade da Federação. Outros impostos da alçada do estado são IPVA e ITCMD.

Além disso, outro problema que dificulta a gestão tributária é a falta de um bom software  para auxiliar todo o processo. Os softwares facilitam o controle tributário ao reduzir as possibilidades de informações e cálculos errados e oferecer mais garantias de cumprimento das obrigações acessórias, inclusive do pagamento pontual dos tributos.

Vale ressaltar que ter uma gestão tributária eficiente faz com a empresa ganhe mais confiança no mercado pois a reputação fiscal é um ponto muito importante para a imagem de um negócio. Afinal,  aparecer na capa de um jornal, na imprensa ou nas redes sociais em um escândalo  fiscal pode trazer problemas com a visão dos consumidores, afetar as vendas, o posicionamento e até mesmo a sua marca como um todo. Por isso, deve-se garantir a transparência necessária na empresa e com todo o seu entorno.

A importância do saneamento de cadastros de fornecedores e clientes 

Por | Variedades | No Comments

Sabemos que o saneamento cadastral de fornecedores e clientes é uma atividade que consiste em complementar e atualizar informações dos sistemas informatizados das empresas em que o objetivo é atender aspectos fiscais, tributários e contábeis.

Com ele é possível padronizar o de cadastro para atender ao  Sistema Público de Escrituração Digital (SPED – instituído desde 2007) e reduzir os operacionais a partir da atualização dinâmica do cadastro. Se engana quem acha que o saneamento de cadastros é apenas a busca de informações oficiais. Ele também é um trabalho cuidadoso de análise e busca reparar e eliminar falha ou excessos que estão vinculados ao (SPED), instituído desde 2007.

Vale ressaltar que  o SPED (NF-e) exige que toda a entrada de dados seja em um fluxo único, já que todas as informações cadastradas no sistema da empresa começaram a ser enviadas diretamente às Secretarias de Fazenda das Unidades Federais e à Receita Federal através de um arquivo digital em XML.

Por isso deve-se ficar atento ao saneamento cadastral porque caso ele não aconteça sua empresa pode operar com fornecedores ou clientes inaptos perante a Receita Federal ou não habilitados no Sintegra. Além disso todos os dados da NFe alimentam os demais documentos do SPED, como o EFD, ECD, PIS/COFINS. Um erro de dados pode acabar sendo identificado nos demais arquivos SPED e trazer muitos problemas com a Receita Federal, que  tem 5 anos para analisar a base de documentos fiscais do SPED e identificar irregularidades e gerar autuações devidamente documentadas com base nos dados disponíveis.

Por isso, é importante que a empresa faça saneamentos de cadastros de fornecedores e clientes periodicamente dependendo do seu porte. Em algumas é necessário que essa atualização seja feita semanalmente, em outras uma vez por mês já é suficiente.

Outro ponto importante é deve-se que manter o cadastro da empresa sincronizado com todos as unidades da Receita Federal e Sintegra reduz o risco fiscal a zero. Para conseguir isso o recomendado é buscar que aconteça uma integração dos processos do cadastro do seu Sistema de Gestão (ERP, CRM, Portal de Cadastro) com uma plataforma de consultas gerenciada por uma empresa especializada na área.

Isso porque o saneamento de cadastros de clientes e fornecedores é um processo que nunca termina. Ele é um ciclo, um processo contínuo que requer um trabalho muito cuidadoso. Por isso é muito importante contratar uma empresa para ficar responsável por todo o trabalho de conferir se tudo está correto. Jamais deixe de buscar  profissionais e até mesmo aos softwares que agilizem o processo para ajudar que tudo esteja legalizado  com o SPED e sem margem para  erros.

O que pode acontecer com quem sonega impostos?

Por | Variedades | No Comments

Infelizmente, a prática de sonegar impostos não é algo raro no Brasil. Segundo uma pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT), existe indício de sonegação fiscal em 65% das empresas de pequeno porte, 49% das empresas de médio porte e 27% das grandes empresas. Mas afinal, qual a pena para aqueles que sonegam impostos?

De acordo com a Lei nº 4.729, a pena para quem sonega impostos é de seis meses a dois anos e multa de duas a cinco vezes o valor do tributo. A lei ainda destaca que se o agente que cometer o crime prevalecer-se de um cargo público que exerce, a pena será aumentada da sexta parte. Já quando se tratar de pessoa jurídica, a responsabilidade penal pelas infrações previstas na lei são de todos os que direta ou indiretamente tenham praticado ou concorrido para a prática da sonegação fiscal.

Mas se as penalidades não são nada “brandas”? Por que ainda existe tanta sonegação de impostos no Brasil? Em um artigo publicado no site do Ministério Público de São Paulo, o promotor de justiça Fernando Arruda apresentou sua visão de o porquê muitas empresas continuam sonegam impostos impunemente.

Segundo o promotor, um dos motivos é  porque a lei que define os crimes contra a ordem tributária comina pena de reclusão de dois a cinco anos e ainda que condenado o sonegador terá direito ao regime aberto, e se em regime semiaberto, terá direito ou a suspensão condicional da pena, ou a substituição da pena corporal por serviços à comunidade, salvo se a pena for superior a quatro anos o que é muito raro.  “Não obstante a reduzida pena corporal cominada, a Lei 9.249 /95 estabelece em seu art. 34, que o pagamento do tributo antes do recebimento da denúncia do Ministério Público leva à extinção da punibilidade”, destacou Fernando em seu artigo.

Já o advogado e especialista em Direito Tributário Antônio Gonçalves tem uma visão diferente. Em entrevista ao Portal Administradores , ele alegou acreditar que com o implemento e desenvolvimento constante da informática como meio fiscalizatório é cada vez maior o cerco contra os sonegadores. “Métodos que  anteriormente facilitavam as omissões fiscais estão gradativamente sendo suprimidos”,afirmou o advogado na entrevista.

A 4True ressalta que trabalha focada em garantir que todos seus clientes estejam em conformidade com a lei. Por isso, você empresário pode contar com os nossos serviços para que tanto a sua empresa como os sócios recebam toda a consultoria necessária para estar sempre em dia com os tributos e evitar qualquer transtorno.

Serviços que uma consultoria tributária pode oferecer

Por | Consultoria, Gestão Tributária | No Comments

O ponto chave da consultoria tributária é mostrar para o cliente que a legislação pode ser utilizada a favor do contribuinte. Os serviços de consultoria tributária são desenvolvidos de acordo com a necessidade da empresa e são totalmente personalizados.

Como o setor de tributos é um setor estratégico das empresas e a carga tributária tem aumentado devido à crise política e econômica que o Brasil vive, a procura por estes serviços tem aumentado. No entanto, a qualidade do serviço está intrinsecamente relacionada à obtenção de resultados satisfatórios para o cliente.

A 4True é uma empresa especializada na área que conta com uma equipe qualificada pronta para atender sua empresa. Dentro da consultoria tributária oferecemos diversos serviços. Um deles é a revisão fiscal e tributária para analisar as declarações acessórias e a confronta com a legislação tributária.

Outro serviço prestado é o parecer tributário, em que ocorre a emissão de opiniões relacionadas aos aspectos tributários dos clientes fundamentado na legislação vigente.

Além disso, quem contrata a 4True conta com todo o planejamento tributário para a empresa, pois verificamos o melhor regime tributário para o cliente apontando os cenários e evidenciando a economia tributária em cada um deles.